Adolescente é supeito de esfaquear o padrasto ao defender mãe de agressões

0

Um adolescente de apenas 13 anos é suspeito de esfaquear o padrasto na noite desta sexta-feira (18) para defender a mãe das agressões que ela estava sofrendo. O caso aconteceu no Residencial Santa Helena, na cidade de União a 57 km de Teresina.

Segundo informações do capitão Miguel Luz, comandante da Polícia Militar no município, um homem de 37 anos identificado apenas como João de Jesus, estava agredindo a esposa grávida quando foi surpreendido pela facada.

“A mulher grávida estava apanhando do companheiro. O filho dela pegou uma faca e furou o padrasto para defender a mãe”, resumiu o capitão.

Miguel Luz acrescenta que a PM encaminhou o suspeito das agressões para o hospital e a mãe com o filho para a delegacia da cidade, para prestarem esclarecimentos. De acordo com o comandante, o menino, por ser menor de idade e ter agido em defesa da mãe, não deverá ser punido.

“A princípio ele não será levado a nenhum centro de internação de adolescentes. Ele agiu em defesa da mãe, que estava apanhando. Só o levamos para a delegacia porque a justiça precisa documentar o que houve”, explica Luz.

O capitão disse não ter informações sobre a existência de agressões anteriores, mas informou que o padrasto será enquadrado na Lei Maria da Penha.

A assessoria do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) informou que João de Jesus deu entrada às 22h48 de sexta-feira (18) e precisou passar por cirurgia.

A facada atingiu o estômago e o pâncreas de João, mas no momento ele está estável, consciente e orientado.

Comentários