Equatorial demite cerca de 700 funcionários da antiga Eletrobras

0

Alagoas — A Equatorial Alagoas demitiu um grupo de funcionários que faziam parte do quadro de trabalhadores da antiga Eletrobras Alagoas, empresa privada que foi adquirida pelo grupo Equatorial Energia. Na ocasião, representantes dos funcionários demitidos estiveram com o deputado federal Marx Beltrão (PSD-AL), para tratar medidas sobre o assunto.

“Além de desrespeitar o consumidor, esta empresa parece também não respeitar os seus trabalhadores, uma vez que demissões em massa foram realizadas e estão sendo questionadas, inclusive na Justiça. Justiça precisa ser feita. Vamos também atuar em defesa destes pais e mães e famílias, que perderam seus empregos e estão em busca de seus direitos” afirma o deputado.

Segundo os funcionário, a demissão em massa teria ocorrido sem justa causa por parte da Equatorial Energia, após comprar a Eletrobras. De acordo com as afirmações do deputado, foram demitidos injustamente pela empresa, cerca de 700 trabalhadores. Também esteve na reunião o vereador por Maceió Francisco Sales (PPL-AL).

Na última segunda-feira (10), o deputado Marx Beltrão protocolou um pedido na sede do Ministério Público Federal de Alagoas (MPF-AL), que apurasse o caso em questão, solicitando ao órgão investigações a respeito de supostas irregularidades da Equatorial no Estado de Alagoas.

“São mais de R$ 500 milhões em investimentos que a empresa precisa fazer no estado, e não sabemos se isto está sendo feito. São cobranças abusivas, propagandas enganosas, cortes irregulares, apagões. E ainda querem que a tarifa de energia seja reajustada em mais de 12%. Isto é um abuso e um absurdo”, finaliza o parlamentar.

Fonte: BR104

Comentários