Quarta, 29 de Junho de 2022
21°

Poucas nuvens

Piripiri - PI

Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Deputados fazem um minuto de silêncio em homenagem a policiais rodoviários mortos no Ceará

Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados Capitão Alberto Neto: "Precisamos apoiar mais nossos policiais" A pedido do deputado Capitão Alberto Neto (PL-A...

19/05/2022 às 13h40
Por: admin Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Capitão Alberto Neto:
Capitão Alberto Neto: "Precisamos apoiar mais nossos policiais - (Foto: Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados)

A pedido do deputado Capitão Alberto Neto (PL-AM), o Plenário da Câmara dos Deputados fez um minuto de silêncio em homenagem aos policiais rodoviários federais Márcio Hélio de Souza e Raimundo do Nascimento Filho, que foram mortos a tiros em serviço na rodovia BR-116, em Fortaleza (CE). "Senti na pele a dor do que é ser policial militar do nosso País. Precisamos apoiar mais os nossos policiais. Quando juramos com o risco da própria vida, não são simples palavras ao vento. É a nossa realidade", declarou Capitão Alberto Neto.

O deputado lamentou decisões judiciais que soltam criminosos por causa de procedimentos nas abordagens policiais. "Bandidos de alta periculosidade estão sendo liberados em audiências de custódia. Quando não aprovamos leis mais duras, também puxamos esse gatilho que mata nossos policiais", criticou.

O deputado Vicentinho (PT-SP) também lamentou a morte dos policiais. "Tenho muitos amigos na Polícia Rodoviária Federal, porque aqui participei das lutas da categoria, de projetos específicos para eles sobre a questão da carreira, do piso", afirmou. "Nós sabemos o quanto é árdua a situação de quem hoje trabalha pela nossa segurança, em especial a segurança no trânsito, com todo o seu jeito, habilidade, e que tem inclusive esclarecido vários crimes", completou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.