Quarta, 29 de Junho de 2022
23°

Poucas nuvens

Piripiri - PI

Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Comissão rejeita proposta que vincula o extinto Bolsa Família ao salário mínimo em vigor

Billy Boss/Câmara dos Deputados Para Diego Garcia, não há como custear o programa social com a vinculação sugerida A Comissão de Seguridade Socia...

19/05/2022 às 16h25
Por: admin Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Para Diego Garcia, não há como custear o programa social com a vinculação sugerida - (Foto: Billy Boss/Câmara dos Deputados)
Para Diego Garcia, não há como custear o programa social com a vinculação sugerida - (Foto: Billy Boss/Câmara dos Deputados)

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados rejeitou o Projeto de Lei 2637/07, que vincula ao salário mínimo vigente os valores que definiam pobreza ou extrema pobreza e asseguravam o direito ao Bolsa Família.

O relator, deputado Diego Garcia (Republicanos-PR), recomendou a rejeição. “Caso seja instituída essa vinculação, será ampliado constantemente o número de pessoas que poderão ter direito aos benefícios, sem que se tenha a correspondente fonte para custear todos”, explicou o relator.

A proposta, de autoria da ex-deputada Angela Portela (RR), altera a Lei do Programa Bolsa Família, revogada em dezembro último pela Lei 14.284/21, que institui o Programa Auxílio Brasil em substituição ao agora extinto Bolsa Família.

Como foi rejeitado pela única comissão designada para analisar o mérito, o PL 2637/21 deverá ser arquivado. O deputado Diego Garcia solicitou que a Câmara declare prejudicados todos os projetos que tratam do Bolsa Família (REQ 662/22).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.