Quarta, 14 de Abril de 2021 08:38
86 998652221
Polícia PRF EM AÇÃO

Três estrangeiros foram presos pela PRF na BR 050, em Catalão acusados de furtar joalheria em um Shopping em Teresina

O veículo já vinha sendo monitorado pela PRF

23/02/2021 10h22 Atualizada há 2 meses
Por: admin Fonte: NUCOM/PRF
O veículo já vinha sendo monitorado pela PRF
O veículo já vinha sendo monitorado pela PRF

A Polícia Rodoviária Federal realizou a prisão de três homens, sendo dois colombianos e um venezuelano, acusados de roubarem uma joalheria localizada dentro de um shopping de Teresina na madrugada do último domingo e levarem mais de R$ 1,5 milhão em ouro. Os criminosos foram presos na BR-050, em Catalão, no Sudeste de Goiás.

Por volta das 17h, policiais rodoviários federais pararam um veículo Fiat/Uno, locado. O veículo já vinha sendo monitorado pela PRF, integrado ao Grupo de Repressão ao Crime Organizado do Piaui (GRECO), e PM de Goiás, Distrito Federal e Piauí. 

“Nas primeiras horas que o GRECO tomou conhecimento do assalto imediatamente foi entrado em contato com a inteligência da Polícia Rodoviária Federal para que a gente pudesse em conjunto realizar um trabalho de identificação desses indivíduos. Foi feito o monitoramento do veículo que foi utilizado no assalto e montamos o cerco juntamente com apoio da Polícia Militar de Goiás e foi na cidade de Catalão que a PRF realizou a abordagem e a prisão, são dois indivíduos de nacionalidade colombiana, de 40 anos e um de nacionalidade venezuelana, de 41 anos”, afirmou o inspetor Alexsandro Lima.

Ainda de acordo com o inspetor, eles são suspeitos de furtar uma joalheria em um Shopping de Teresina, uma loja de celulares em um Shopping de São Luís/MA e de utilizar documentos falsos para locar o veículo utilizado na fuga, além de comporem uma quadrilha de furtos à Shoppings Centers. Os presos foram reconhecidos pelas imagens de câmeras de monitoramento.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.