Quarta, 29 de Junho de 2022
21°

Poucas nuvens

Piripiri - PI

Politica & Economia Economia

Petrobras eleva preço do diesel em 8,86% e preços de alimentos disparam

Último ajuste de preços aplicado pela Petrobras no produto aconteceu em 11 de março, segundo a companhia

10/05/2022 às 07h39 Atualizada em 10/05/2022 às 08h08
Por: admin
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

O preço médio de venda de diesel da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 4,51 para R$ 4,91 por litro, informou a companhia nesta segunda-feira (9/5).

Trata-se de variação de 8,86%.

“Considerando a mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 4,06, em média, para R$ 4,42 a cada litro vendido na bomba. Uma variação de R$ 0,36 por litro”, informou.

Já o valor da gasolina permanece inalterado.

Nas contas da LCA Consultores, o reajuste aumenta diretamente em apenas 0,02 ponto porcentual o IPCA, por causa do peso pequeno do diesel na inflação ao consumidor. Isto é, o IPCA de 8,04%, projetado para este ano pela consultoria, sobe para 8,06%. No entanto, um reajuste de quase 9% num combustível que é a base do transporte de carga da economia brasileira leva a outros aumentos.

"Esse reajuste acaba espalhando as pressões inflacionárias para outros setores e o efeito indireto é o mais perverso", afirma o economista André Braz, coordenador de índices de preços da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.