Domingo, 29 de Novembro de 2020 18:54
86 998652221
Polícia OPERAÇÃO FÊNIX

2ª fase da Operação Fênix é deflagrada pela Polícia Civil e cumpre 24 mandados em Teresina

Os alvos da operação estão relacionados aos crimes de tráfico de entorpecentes e ainda de roubo qualificado.

20/08/2020 09h35 Atualizada há 3 meses
Por: admin
Preso na Operação Fênix da Dicap
Preso na Operação Fênix da Dicap

Nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (20), a Polícia Civil do Piauí, através da Delegacia de Capturas (Dicap), deflagrou a segunda fase da Operação Fênix com o objetivo de cumprir 24 mandados de prisões judiciais na cidade de Teresina e também em municípios que integram a região Metropolitana.

De acordo com o coordenador da Dicap, delegado Willame Moraes, os alvos da operação estão relacionados aos crimes de tráfico de entorpecentes e ainda de roubo qualificado. Até o momento 19 pessoas foram presas, sendo 18 em Teresina e 1 em Nazária.

“A operação de hoje é continuação da Operação Fênix. Na operação anterior a maioria dos mandados eram de prisão preventiva, essa não, já é para cumprimento de pena. Foi preso um foragido da Justiça em Nazária e outras 18 pessoas foram presas na capital. Dessa vez só são dois tipos de crimes, roubo e tráfico de drogas e desses mandados 4 são de recaptura, ou seja, a pessoa estava presa, fugiu e o juiz mandou prender novamente”, relatou o delegado.

O delegado ainda explicou que a grande maioria dos casos são de pessoas que estavam presas, foram colocadas em liberdade e praticaram crimes durante esse tempo. “A grande maioria é de sentença penal condenatória, que são pessoas que já foram presas em flagrante ou sob força de mandado de prisão preventiva, foram colocados em liberdade para responder ao processo e praticaram crimes durante isso, sendo condenado no processo. As penas variam de 5 a 20 anos".

Equipes da Dicap contam com o apoio da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Piauí.

Operação Fênix

A primeira fase da Operação Fênix foi deflagrada pela Polícia Civil no último dia 6 de agosto. Na ocasião, a polícia cumpriu 21 mandados de prisão.

“Na primeira operação no começo de agosto tivemos 21 mandados de prisão cumpridos e nessa segunda fase já são 19 cumpridos, ou seja, em menos de 20 dias temos 40 pessoas presas”, ressaltou o delegado Willame Moraes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.