Quinta, 21 de Janeiro de 2021 17:43
86 998652221
Geral Brasil

O que se sabe sobre trágico acidente em rodovia do interior de SP que deixou ao menos 41 mortos

Ônibus e carreta colidiram em Taguaí na manhã desta quarta-feira (25/11). Entre as vítimas estão dezenas de funcionários de empresa têxtil.

26/11/2020 07h33 Atualizada há 2 meses
Por: admin Fonte: BBC News Brasil
Ônibus e caminhão se envolveram em colisão na manhã desta quarta-feira e, ao menos, 41 pessoas morreram Foto: Reprodução / BBC News Brasil
Ônibus e caminhão se envolveram em colisão na manhã desta quarta-feira e, ao menos, 41 pessoas morreram Foto: Reprodução / BBC News Brasil

Um acidente entre um ônibus e um caminhão deixou, ao menos, 41 mortos na manhã desta quarta-feira (25/11) em Taguaí, no interior de São Paulo.

O ônibus levava cerca de 50 funcionários de uma empresa têxtil. Conforme as informações iniciais, a colisão entre o veículo coletivo e o caminhão ocorreu por volta das 7h, em uma curva no km 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, em Taguaí, em uma área próxima à cidade de Taquarituba (SP).

A rodovia permaneceu interditada durante toda a manhã — no início da tarde, ela ainda estava intransitável e sem previsão para ser liberada. Equipes de resgate da Polícia Rodoviária e do Corpo de Bombeiros foram ao local pouco após a colisão.

As informações iniciais apontam que o ônibus havia saído de Itaí, passou por Taquarituba e se envolveu na colisão quando seguia ao seu destino final, que era uma empresa têxtil em Taguaí.

Muitas pessoas que estavam no ônibus ficaram presas entre as ferragens. Algumas morreram no local, outras foram encaminhadas a hospitais da região.

O médico Gabriel Ortega, da Santa Casa de Taquarituba, disse que nunca havia visto situação semelhante ao acidente. Em entrevista à CNN Brasil, ele afirmou que os profissionais que trabalham na unidade de saúde, para onde alguns dos sobreviventes foram transferidos, consideraram a colisão como algo inédito e catastrófico.

Segundo autoridades, acidente ocorreu em curva de rodovia do interior de São Paulo

Foto: Reprodução / BBC News Brasil

A coordenadora de saúde de Taquarituba, Natali Fonseca, disse à emissora que a rede de atendimento médico da cidade recebeu oito vítimas, sendo que duas morreram pouco após chegarem ao local.

De acordo com o portal G1, o último balanço sobre o acidente, às 13h30, aponta que 10 feridos estão sendo atendidos em três hospitais da região: de Taguaí, Fartura e Taquarituba.

Segundo o G1, o caminhão, que levava carga de esterco, invadiu uma propriedade rural após a colisão com o ônibus. O motorista foi levado ao pronto-socorro do município de Fartura (SP). Não há informações sobre o atual estado de saúde dele.

Atendimento às vítimas

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que acionou os Institutos Médicos Legais (IMLs) nas cidades de Avaré, Botucatu e Itapetininga para atender "o grande número de óbitos o mais rápido possível". As vítimas ainda estão sendo identificadas.

Nesta tarde, o Governo de São Paulo pediu que a população doe sangue no Hemocentro de Botucatu para ajudar os sobreviventes. Os voluntários podem entrar em contato com o local pelo telefone (14) 3811-6041 (ramal 240) ou pelo WhatsApp (14) 99624-7055 / (14) 99631-5650.

Em entrevista ao G1, o tenente Alexandre Guedes, porta-voz da PM de São Paulo, afirmou que é o maior acidente do ano nas rodovias do Estado.

As polícias Civil e Militar estão no local do acidente para acompanhar o caso. Um helicóptero Águia, da base de Campinas, foi acionado para ajudar nos trabalhos.

O local do acidente passará por perícia, que irá apontar as causas da colisão entre os veículos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.