Quinta, 25 de Fevereiro de 2021 10:18
86 998652221
Politica & Economia BRASILIA

Presidente do PP, Ciro Nogueira vê eleição ‘resolvida’ para Lira na Câmara

“a eleição está resolvida” e o aliado deve vencer a disputa ainda no primeiro turno, com mais de 300 votos.

26/01/2021 07h47
Por: admin Fonte: Msn
Presidente do PP Ciro Nogueira
Presidente do PP Ciro Nogueira

A uma semana da eleição para a presidência da Câmara, que tem como principais candidatos os deputados Arthur Lira (PP-AL) e Baleia Rossi (MDB-SP), o presidente do partido de Lira não tem dúvidas nem economiza otimismo: “a eleição está resolvida” e o aliado deve vencer a disputa ainda no primeiro turno, com mais de 300 votos. Senador no segundo mandato e à frente do Progressistas há quase oito anos, Ciro Nogueira avalia que os acordos políticos com onze partidos conduzidos pelo atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em torno do nome de Baleia são frágeis e vão ruir por não encontrarem eco nas bancadas – até o DEM de Maia, diz o cacique, deve dar a maioria dos votos ao deputado alagoano porque “a maioria dos deputados quer ficar com o governo”. Ele também não nega que o governo do presidente Jair Bolsonaro esteja usando de sua força política – leia-se emendas e cargos – para impulsionar a candidatura de Lira, líder informal do Palácio do Planalto na Câmara. Aliado de Bolsonaro e interlocutor frequente dele, a ponto de seu partido ser um dos possíveis destinos do chefe do Executivo, Nogueira diz que o Planalto está “empolgado” e “feliz” com a conjuntura das eleições ao comando da Câmara e do Senado. Leia abaixo uma entrevista com o presidente do Progressistas: Arthur Lira é hoje o favorito à presidência da Câmara? Tenho 26 anos de Câmara e Senado, acho que, no processo que está hoje, é uma eleição totalmente consolidada. Teria que acontecer um fato muito relevante até o dia da votação para virar uma eleição dessa. Não vejo mais possibilidade, com toda minha experiência. A não ser aumentar a distância de votos que há hoje, até pelo efeito manada, porque ninguém quer marcar posição na oposição. O senhor acha possível uma vitória ainda no primeiro turno [para evitar o segundo turno, um deputado deve reunir pelo menos 257 votos]? Não tem mais o que acontecer, acho que o processo está totalmente consolidado. Arthur vai ter acima de 300 votos, com toda certeza. Não tem como não dar no primeiro turno. Baleia não vai passar de 150 votos, os outros candidatos não vão passar de 50 votos, acho que o Arthur vai ter acima de 300 votos, uma diferença boa. Pode me cobrar depois. O PSL havia sido anunciado no bloco de Baleia Rossi, mas acabou mudando de lado. Há alguma chance de outro partido tomar o mesmo rumo nos próximos dias? Todos os partidos sobre os quais os presidentes têm o controle estão com o Arthur, como o PSD do Kassab, o PP comigo, o PL com Valdemar Costa Neto, o Republicanos do Marcos Pereira, esse é o grande diferencial. Pode até ter alguma defecção nos partidos, mas é muito escondido, não tem nem muito motivo para isso ocorrer. Acho que esses partidos vão beirar 100% de fidelidade. Os outros partidos que o Rodrigo levou para o Baleia, exceto MDB e PT, foram muito acordos de cúpula, não foram acordos com os deputados. Então Arthur tem maioria no PSB, por exemplo, e fica esse constrangimento com o presidente do PSB. O Paulinho da Força, dos treze votos do Solidaridade, o Arthur tem dez. Acredito que até o dia da eleição vai ter muita surpresa. Tirando o PT e a esquerda, não sei quantos partidos vão ficar. Acredito que a eleição está resolvida. Até o DEM, de Rodrigo Maia? Qual é a força do Rodrigo para conseguir esses votos? O DEM quer ficar com o governo, os deputados querem todos ser governo. Só na Bahia foram cinco hoje, tem três deputados que andam com Arthur. Tirando o DEM de São Paulo e uma parte do DEM do Rio, está todo mundo com Arthur. Isso nós vimos no final de semana, na hora de pegar as assinaturas. Baleia Rossi declarou em uma entrevista que o governo tem “coagido” e “perseguido” deputados com cargos e emendas. Como o senhor viu essa afirmação? É o discurso de quem vai perder. Logo o Baleia... Se tem o partido que foi profissional a vida toda nesse tipo de coisa foi o MDB, então é avaliação de quem vai perder. Por que hoje o único PSDB e o único DEM fieis ao Rodrigo Maia são os de São Paulo? Por causa dos ternos do João Doria? Não, pela força política dele, que usa os mesmos instrumentos. O senhor tem conversado com o presidente Bolsonaro sobre a sucessão no Congresso? Como o Palácio está vendo a posição de Arthur Lira? Está todo mundo empolgado, o processo está se consolidando tanto na Câmara quanto no Senado, o pessoal está feliz.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.