Quinta, 11 de Agosto de 2022
Cidades PIAUÍ

Casos de Covid crescem entre trabalhadores do transporte: 'fiquem de máscara nos ônibus', pede sindicato

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário de Teresina (Sintetro), Antônio Cardoso disse que a maioria dos passageiros tira a máscara assim que entra nos ônibus

27/06/2022 às 08h34
Por: admin Fonte: G1
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

Os casos de Covid estão crescendo na população e profissionais de algumas áreas, como os trabalhadores da saúde e do transporte público, acabam ficam mais vulnerários. Antônio Cardoso, Presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário de Teresina (Sintetro), fez um alerta, destacando que a maioria dos passageiros tira a máscara assim que entra nos ônibus.

"Eu digo por experiência própria, já vi várias vezes. As pessoas até estão de máscara na rua, mas quando entram no ônibus, tiram. E se o motorista for reclamar, as pessoas reclamam, querem chamar até a polícia", disse.

Segundo ele, além do risco à saúde, devido ao afastamento dos colegas doentes os demais trabalhadores acabam ficando sobrecarregados, chegando a dobrar a carga horária diária.

No momento, conforme Antônio, há pelo menos três profissionais doentes que comunicaram ao Sindicato que estão afastados.

"Mas há muito mais, vários que não querem dizer que estão doentes, que estão com Covid. Mas sabemos que estão", disse.

Para o presidente, uma campanha deveria estar acontecendo nas paradas e estações de ônibus para orientar a população.

A reportagem procurou o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Teresina (Setut), que informou apenas que "não pode se manifestar" sobre o assunto, por ser a situação particular de cada empresa.

 

Aumento ultrapassa 1600% no Piauí

A situação entre os trabalhadores é reflexo de uma tendência em todo o estado. Conforme o painel de monitoramento de casos Covid da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), o aumento ultrapassa 1600%.

Enquanto há cerca de 15 dias os registros eram de um caso por dia, no dia 21 de junho foram mais de 700 casos. No último registro, em 23 de junho, foram mais de 400 caos. Além disso, há indícios de subnotificação nos casos.

Diante da situação, o uso de máscaras voltou a ser obrigatório em espaços fechados, conforme decreto da governadora Regina Sousa (PT), de 15 de junho.

O item é considerado uma das principais formas de prevenção ao coronavírus, já que a transmissão acontece pelo ar, de uma pessoa para outra.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.