Sábado, 28 de Novembro de 2020 21:52
86 998652221
Saúde Campo Maior

Campo Maior registra 1.041 infectados e 18 óbitos por covid-19

A cidade segue com 215 pacientes em isolamento domiciliar

11/07/2020 19h40
Por: admin
Campo Maior
Campo Maior

A cidade de Campo Maior registrou 162 novos casos confirmados de Covid-19 em 1 semana. No total a cidade conta com mais de 1.041 infectados e 18 óbitos segundo o boletim divulgado nesta sexta-feira (10) pela Secretaria de Saúde.

Nos últimos dois dias, o número de óbitos saltou de 14 para 18, sendo o último registrado na noite de ontem, sexta-feira (10), que segundo informações trata-se de uma mulher de 61 anos de identidade não revelada.

Os bairros Cariri (152 casos) e Centro (153) lideram no número de infectados, logo em seguida Bairro de Fátima com 72 casos. No total, pacientes do sexo feminino são maioria na quantidade de vítimas infectadas, contabilizando 586, e pacientes masculinos 455, na faixa etária de 30-39 anos.

A cidade segue com 215 pacientes em isolamento domiciliar, 781 altas médicas, 24 em leitos clínicos, 03 em UTIs e 951 descartados.

Isolamento e “Lockdown” para diminuir o índice de transmissibilidade do Covid-19

Uma pesquisa realizada no final de Junho em 11 cidades do Piauí mostrou que a dinâmica da transmissibilidade (R0) está em 0,8 no estado, o que representa que cada pessoa infectada tem a capacidade de infectar menos de um indivíduo. Por outro lado, os números indicaram crescimento da transmissão nos municípios de Piripiri, Campo Maior e Corrente.

Em Piripiri, a transmissibilidade está em 2,18, com 4.527 infectantes, ou seja, pessoas que transmitiam a doença no período pesquisado. Em Campo Maior, o índice está em 1,6, com 2.135 infectantes; e na cidade de Corrente é de 1,2 com 1.066 infectantes.

Piripiri, nas etapas anteriores, estava com números abaixo de Teresina e Parnaíba, mas apresentou grande evolução da doença. Já Campo Maior, os dados apontam redução. Corrente, por sua vez, é o único município no Sul do Piauí que apresentou crescimento.

“O crescimento ou diminuição do índice vai depender do isolamento social, distanciamento seguro, uso de máscaras e equipamentos de proteção individual e do cumprimento das medidas. Se não seguirem as normas de segurança sanitária, esse índice pode rapidamente aumentar e todo o trabalho que vem sendo realizado no combate à Covid-19 pode ser desfeito’, alertou a pesquisadora Ester Mendes.

Decretos determinam distanciamento social

Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na cidade de Campo Maior, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas. Aulas em escolas e universidades, a maioria das atividades comerciais, esportivas e de serviços em geral estão suspensas.

Serviços essenciais como farmácias, postos de combustíveis e supermercados continuam mantidos mas estão regulamentados. O atendimento em clínicas, hospitais e laboratórios, assim como o funcionamento de escritórios de advocacia e contábeis também foram liberados mediante cumprimento de regras.

O uso de máscaras em locais públicos tornou-se obrigatório em todo o estado. Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão. Fonte: Em Foco.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.