Quinta, 21 de Janeiro de 2021 19:09
86 998652221
Brasil CURIOSIDADE

Luz estranha vista no céu de Piripiri desperta curiosidade das pessoas; entenda do que se trata

Fomos buscar as inforamçoes

23/11/2020 19h44 Atualizada há 2 meses
Por: admin
Luz estranha no céu de Piripiri
Luz estranha no céu de Piripiri

Uma luz forte começou chamar à atenção de várias pessoas em Piripiri e região, e também em todo o estado do Piauí. Mas que luz é essa? Do que se trata? De onde vem ? 

Essa "luz forte" trata-se de um comenta, que não é a primeira vez que passa pelo Brasil. O nome dele chama-se 'Neowise' que já esteve pelo Brasil no mês de Julho. Nessa época estado como Mato Grosso, Minas Gerais, Espirito Santo e São Paulo puderam ver a olho nú o cometa.

Dessa vez, a partir de hoje a região do Norte e Nordeste poderão acompanhar também a olho nú o cometa. O 'Neowise' é um dos poucos cometas do século XXI que podem ser vistos a olho nu, segundo a Nasa. Há registros de sua passagem em diferentes países do hemisfério norte.

Ele foi descoberto no final de março pelo satélite 'Neowise' da agência espacial americana (Nasa). Os cometas são corpos formados por gelo, rochas e materiais orgânicos, e vêm dos confins do sistema solar: o cinturão de Kuiper, ou talvez ainda mais longe, da nuvem de Oort, que são ambas concentrações de pequenos corpos celestes.

Mas segundo o G1, que procurou o físico Airton Vasconcelos, do Instituto Federal do Piauí (IFPI), que acredita ser uma parte de um foguete enviado pela China à Lua.

"Provavelmente, é o lançamento de uma espaçonave chinesa que está indo em direção à Lua. Ela foi lançada justamente nesse horário e a trajetória dela tem parte no Nordeste. O envio do foguete é em busca de minérios”, relatou.

O professor explicou que um foguete, quando é lançado, precisa perder matéria para ter mais velocidade. Por isso, o clarão seria o reflexo da luz solar na parte liberada pela espaçonave.

"Esses foguetes são bem pesados e precisam perder matéria para que tenham mais velocidade. Quando essas partes são soltas, dá esse brilho e vão acabar caindo. Trata-se da luz do sol que, quando bate nelas, reflete essa luz para nós”, comentou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.